Tratamentos barram a queda de cabelo após a gestação

Se você já deixava muitos fios pela casa antes mesmo de engravidar, pode ser que eles caiam ainda mais após a gravidez. Se isso acontecer procure o seu médico. Após fazer exames e avaliar se a sua saúde está em dia ele pode indicar o uso de suplementos nutricionais aplicados direto no couro cabeludo ou de via oral.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

“E depois do parto vale ver com o seu médico se ele te libera para fazer algum tipo de tratamento. Os mais conhecidos e que eu gosto bastante são o laser de baixa potência e carboxiterapia”, diz o dermatologista e tricologista Ademir Júnior, de São Paulo, que explica melhor como essas técnicas funcionam:

  • Laser de baixa potência Graças à energia emitida pelo aparelho os fios são estimulados a passar mais tempo na fase de crescimento. E a massagem que vem na sequência direto no couro cabeludo com uma loção à base aminoácidos e peptídeos potencializa a melhora. O tratamento custa cerca de R$ 120, dura cerca de três meses e inclui dez sessões, sendo uma por semana.
  • Carboxiterapia Nas regiões onde há queda é aplicada uma injeção de gás carbônico (CO2) e a reação a essa agressão é que mais oxigênio é produzido. “Consequentemente a circulação da região aumenta, favorecendo que mais nutrientes cheguem até a raiz”, conta Ademir Júnior. O tratamento completo é feito com dez sessões, em média, sendo que cada custa a partir de R$ 120.

Por: Aline Dini

Posts relacionados