Novos tratamentos para a barriga depois da gravidez

tratamento_barriga

A minha dica de hoje é para as mulheres que depois da gravidez nunca mais reconheceram a própria barriga. Claro que uma barriguinha sempre fica, mesmo que você tenha engordado apenas o considerado saudável durante o período gestacional. E essa gordura, que geralmente vem associada à flacidez, tem uma importante função na gravidez: proteger o bebê. Mas, infelizmente, ao contrário do inchaço, ela não desaparece naturalmente com o passar dos dias. É preciso intervir. Dieta e atividade física podem auxiliar muito. Mas, mesmo assim, na maioria das vezes ainda precisamos recorrer aos tratamentos estéticos, sempre aliados ao acompanhamento de um especialista. E é preciso respeitar o período do pós-parto, seja ele normal ou cesárea, além da fase de  amamentação.

Vocês devem estar se perguntando se esses tratamentos realmente dão resultados. A resposta é sim! Eles eliminam a gordura localizada, a celulite, a flacidez e as estrias, porém, é importante lembrar que eles não emagrecem. Emagrecer é com a gente, mãezinhas, que devemos manter uma dieta equilibrada na pós-gestação. Então tenha foco. Afinal, mais do que beleza, se sentir bem com você mesma eleva a autoestima.

Esses são os equipamentos mais recentes e usados para esses probleminhas:

Criolipólise/Coolsculpting: É uma valiosa alternativa, já que causa o resfriamento das células de gordura, levando-as à morte celular. Ele elimina cerca de 25% da gordura da região tratada , o que na prática são pode chegar a menos 4,5 cm na região, após 2 meses do tratamento, que é o tempo para que toda a gordura seja eliminada do corpo através do sistema linfático. Uma sessão já traz um ótimo resultado, e é o que indicamos inicialmente. Em alguns casos, quando há mais gordura, pode ser feito uma segunda ou terceira sessão, sempre com intervalo de 60 dias entre elas. Pós-parto: O médico precisa autorizar o tratamento. Quem fez cesárea precisa aguardar 90 dias, já nos partos normais o período costuma ser menor.

Radiofrequência Vanquish: É o tratamento mais novo no Brasil e que causa a morte das células de gordura devido ao aquecimento provocado pela radiofrequência seletiva. Para o tratamento completo são indicadas 5 sessões, com intervalo semanal. O resultado final também aparece cerca de 60 dias após o termino das sessões, podendo eliminar cerca de 3 a 4,5 cm na circunferência abdominal. Pós-parto: Como esse aparelho não necessita de contato direto com o paciente, pois uma placa fica suspensa sobre a região tratada, ele costuma ser liberado antes de 90 dias após o parto.

Ultrassom Ultrafocado Liposonix: Também provoca morte celular pelo aquecimento das células de gordura, chamadas de adipócitos. Em geral, é indicada apenas uma sessão por região. O Resultado final também é visto após 60 dias, com eliminação de 3 a 4,5 cm. Pós-parto: é preciso esperar a liberação do médico.

Radiofrequência Exilis: Muito usado para tratamento de gordura localizada e flacidez, esse método não causa a morte das células de gordura, mas auxilia na eliminação dela de dentro das células, estimulando o colágeno. Daí a pele fica mais firme também. São indicadas, em média, 5 sessões, que podem ser feitas semanal ou a cada quinze dias.
Exsitem ainda outras alternativas que podem auxiliar na perda da gordura e na melhora da flacidez. Pós-parto: é preciso esperar a liberação do médico.

Um beijo e até a próxima coluna! Se você quiser saber sobre algum tema específico, deixe aqui nos comentários!

Esse post foi escrito pela dermatologista Patricia Mafra, que está gravidíssima do Bernardo, e trabalha na Clínica Volpe (SP). Todo mês ela vai dividir com as mamães os cuidados para manter a pele linda antes, durante e após a gravidez!

Posts relacionados