Barbie lança bonecas com corpos mais cheinhos e baixinhos

nova barbie

Cada vez mais os padrões de beleza estão caindo por terra. O que é libertador, afinal, não são apenas as magras e altas que são bonitas. Aliás, a beleza é algo muito relativo. Mas o fato é que durante muitos anos a mídia e a publicidade contribuíram para que as mulheres fora desse padrão se sentissem desvalorizadas. O bom é que esse quadro está mudando, com os avanços das campanhas feministas, que quebram cada vez mais estereótipos e ajudam a mulher a se amar e se aceitar como ela é. Na verdade o que é importa é sentir bem consigo, com seu corpo e sua vida.

E acaba de entrar para esse time a marca Barbie, que há mais de 50 anos empilhava sobre as prateleiras bonecas altas, magras e loiras, de cabelos escorridos. Na verdade, a marca já havia produzido bonecas com cor de pele e estilos de cabelos diferentes. Mas ainda faltava alterar as formas do corpo. E foi justamente o que a Mattel, dona da marca Barbie, anunciou esta semana: vem aí outros três formatos de corpos: o “curvy”, que é mais cheio de curvas; o “petite”, que tem a estatura baixa; e o “tal”, que tem mais altura.

Com certeza esse foi um passo importante de decisão da empresa, que deve estar procurando reforçar seu lugar ao sol diante da mudança de atitudes da sociedade. Mas, ao mesmo tempo, acredito que isso vai ajudar as crianças que brincam com suas bonecas a aprenderem, desde cedo, que existem vários tons de pele, tipos de cabelo e de corpo. E que cada um tem a sua beleza.  Claro que esses três formatos de corpo ainda não correspondem a tantos tipos de corpos e belezas existentes, mas com certeza é um passo à frente na luta pela quebra de paradigmas. E vocês, o que acharam das novas bonecas?

 

Posts relacionados