Pilates na gravidez: previne dores e traz equilíbrio

Além das emoções que a gravidez proporciona, as mudanças físicas no corpo da mulher podem trazer desconforto e dores durante a espera. A boa notícia é que o pilates pode ajudar a prevenir e até melhorar a postura da grávida durante o período.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Recomendada por especialistas, a técnica pode ser feita durante os nove meses. “O pilates na gravidez corrige a postura, diminui as dores lombares, as câimbras e as lesões, ativa a circulação, melhora a respiração e reduz o estresse”, afirma o fisioterapeuta Giuliano Martins, diretor regional da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna (ABRC), e proprietário do ITC Vertebral Ribeirão – instituto especializado no tratamento de lesões na coluna.

Além disso, o fisioterapeuta aponta que o pilates pode beneficiar as condições cardiocirculatórias e prevenir o diabetes gestacional. O exercício ainda fortalece a região abdominal e o assoalho pélvico, ajudando tanto no parto quanto na recuperação e cicatrização da mulher no pós-parto.

As grávidas devem buscar o tipo correto de movimentos e sempre com acompanhamento de um especialista. Martins explica ainda que existem treinos de baixo impacto e que são aliados no fortalecimento da região lombar e de toda musculatura paravertebral, abdominal e assoalho pélvico, além dos fortalecimentos e alongamentos de membros inferiores.

Por: Thaís Anzolin

Posts relacionados