Os avós estragam os netos. Será mesmo?

avós estragam os netosDizem por aí que a casa dos avós é o paraíso dos netos. Na casa dos meus sogros, que por sinal têm 8 netos, tem até uma plaquinha na parede com essa frase. E não é que é verdade?! Esses dias conversando com uma amiga sobre a criação dos filhos, ela me contou que quando sua pequena tinha 1 ano e meio de idade a avó deu Coca-Cola na madeira para a neta beber. A mãe da criança quase morreu do coração naquela mesma hora e, claro, deu uma baita bronca na sua mãe. Exageros à parte, sempre ouvimos que ser avô ou avó é ficar apenas com a parte boa da história, ou seja: aos pais cabe a responsabilidade de educar, dar broncas, colocar de castigo, por pra pensar. Já aos avós cabe brincar e se colocar ao dispor dos netos, cedendo às suas vontades. Mas também é verdade que, assim como a maternidade e paternidade tem papéis pré-definidos desde quando o bebê ainda nem chegou ao mundo, o oposto acontece com os avós. Quem é que diz à eles como devem agir ou quais adaptações terão que fazer na família para receber esse novo membro? Ninguém. Claro que tem coisas que não precisam de cartilha, nascem naturalmente quando chega um neto. Mas outras precisam ser conversadas, combinadas.

Penso que deve haver equilíbrio e bom senso sempre. Você faz o maior esforço para que seu filho coma de forma saudável, mas basta chegar na casa dos avós para tudo ir por água abaixo e a criança ser entupida de doces? Então, vale uma conversa franca. Agora, também não dá para exigir que os avós tenham o mesmo comportamento que você e seu marido têm em casa. E uma coisa ou outra sempre vai passar batido. Alguém sempre terá que ceder, caso contrário, levar a criança para visitar os avós vai se tornar um verdadeiro “pé no saco”, capaz de causar um ataque de nervos, e pior: interferir nesse vínculo tão importante que é o relacionamento deles.

Às vezes vale não levar tudo tão a sério e pensar nos benefícios que a companhia, a brincadeira, a comilança, as risadas e tantas outras coisas estão trazendo tanto para um e quanto para o outro. E por que não dizer que alguns valores só podem ser passados pelos avós? É isso mesmo. Com certeza na casa dos seus pais ou dos seus sogros sempre haverá um aprendizado para os seus filhos. Um outro olhar sobre a vida, sobre os problemas. Sobre o tempo gasto com eles. E porque não dizer que eles vão tentar fazer para o seu filho tudo o que não conseguiram fazer por ou com você?

E falando sobre o relacionamento entre avós, pais e netos, vale indicar para vocês um site que conheci essa semana e foi feito por 2 avós, o “Avosidade”. Dei uma passadinha por lá e encontrei entrevistas super interessantes, depoimentos emocionantes. Vale, inclusive indicar para os seus pais.

Para finalizar, fica aqui o meu conselho (se é que posso dar conselhos) para você que não está se dando tão bem com seus pais ou sogros porque acha errado a forma como eles mimam seu filho: assista o vídeo abaixo e tente se colocar no lugar deles. Pense nisso.

Posts relacionados