Atividade física no planejamento da gravidez

O corpo de quem é ativa se adapta melhor às mudanças fisiológicas da gravidez. Na prática, todo o sistema cardiorrespiratório – aí incluso pulmões, coração e circulação – funciona melhor e sofre menos estresse. “O benefício é ainda maior para mulheres acima de 35 anos, pois além do fator idade, muitas têm um ritmo intenso de trabalho e são sedentárias. Com isso, ganham mais peso do que deveriam e fica difícil eliminar os quilos extras após a gravidez”, diz a personal gestante Gizele Monteiro, de São Paulo.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Acabou de descobrir que está grávida? A recomendação vale para você também, desde que as atividades respeitem a sua condição física e sejam feitas com acompanhamento de um profissional especializado.

Quanto às atividades indicadas, tudo vai depender do seu histórico de condicionamento e de como está a sua saúde. “Hoje em dia os médicos estão mais abertos para indicar outras atividades que não seja a hidroginástica. Fazemos, por exemplo, um trabalho muscular de fortalecimento que inclui ginástica localizada, musculação e pilates adaptado; e trabalho muscular de alongamento e relaxamento, com exercícios de ioga adaptados”, conta Gizele Monteiro, autora do Guia prático de exercícios para gestantes (Editora Phorte), e idealizadora do Mais Vida Gestantes, um programa de exercícios para gravidez e pós-parto.

Por: Aline Dini

 

  • G+
  • Facebook Comentários (2)

    2 Comentários

    1. Natane Parizzi -

      Meninas, parabéns pelo site. Além de lindo, os posts estão ótimos (:

      Sucesso!!!

      • Mãe aos 40 -

        Obrigada, Natane! :)

    Comente!

Posts relacionados