8 sinais que você pode estar grávida e não sabe!

 

 

Está grávida e nem sabia? (Foto: Pexels/Ree)

Enquanto muitas mulheres nem precisam fazer o teste de farmácia para sentir que estão grávidas, outras têm diversos “sinais” da gravidez e nem se dão conta que, de fato, há um bebê a caminho. E se você confia cegamente no atraso menstrual como indicativo para uma gestação, saiba que nem sempre ele é tão fiel assim, especialmente em mulheres com ovário policístico, que fazem muita atividade física ou têm ciclos irregulares. Mas que sinais são esses que podem indicar uma gravidez? Quem conta é o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli, de São Paulo:

 1. Sangramento vaginal

Ele acontece porque, até o começo da segunda semana após uma relação sexual desprotegida, o embrião se instala na parede do útero, o que leva ao sangramento. Mas ele dura apenas um dia.

 2. Dor e sensibilidade nas mamas

O aumento da irrigação de sangue na região faz com que as mamas aumentem e fiquem mais doloridas, além disso, os mamilos tendem a escurecer.

 3. Sangramento na gengiva

Os hormônios da gravidez podem fazer com que a gengiva inflame e inche. O sangramento é consequência, principalmente, ao escovar os dentes e passar o fio dental.

 4. Insônia

É muito comum ter insônia a partir do terceiro trimestre de gestação, principalmente as mulheres mais ansiosas e estressadas. E você deve estar se perguntando: mas quem não sabe que está grávida com uma festação de 3 meses em andamento. Pois, é, tem quem não saiba. Certamente você já ouviu uma amiga dizer que só soube depois de 3 meses…

+ A história por trás da foto do útero que circulou na internet

5. Muita vontade de urinar

O banheiro passa a ser o melhor amigo da mulher quando ela fica grávida: é xixi que não acaba mais. E o motivo para isso são as mudanças hormonais. O período de mais vontade de urinar é no primeiro trimestre de gravidez.

6. Vontade de chorar

As mudanças de humor são comuns e muito semelhantes ao que cerca de 90% das mulheres sentem na TPM. Os responsáveis são os níveis de estrogênio e progesterona. Sim, novamente os hormônios!

 7. Intestino preso

Os níveis de progesterona elevados e a compressão do intestino pela dilatação do útero causam prisão de ventre na maioria das grávidas. Também é comum a produção de gases pelo relaxamento da musculatura, principalmente a do sistema digestivo, fazendo com que os alimentos permaneçam por mais tempo no tubo digestivo.

8. Alterações visuais 

Olhos secos, aumento do grau, pálpebras inchadas, maior sensibilidade à luz e dificuldade para usar lentes de contato são frequentes na gravidez. Os sintomas devem desaparecer ao final da gestação.

+ 7 dicas para evitar complicações na gravidez durante o verão

E aí, notou algum desses sintomas ou tem uma amiga que vive se queixando deles? Envie essa matéria para ela!

Posts relacionados