Gravidez aos 40: “Pode ser mais difícil e demorar mais, mas temos que acreditar!”, diz Fernanda Machado

Foto: Reprodução Instagram

Mãe de Lucca, 4, e grávida de Leo, a atriz Fernanda Machado, 39, recebeu muito apoio de outras mães nas redes sociais após anunciar repouso por conta da placenta prévia. Ela, que mora com o marido, o norte-americano e chef de cozinha Robert Riskin, nos Estados Unidos, diz que a maternidade veio para mudar tudo em sua vida.

+ Depois de 2 FIVs sem sucesso, engravidei aos 45 anos e só descobri após cirurgia com anestesia geral”

Em post no Instagram, a atriz comemorou a chegada da 26 semana de gravidez: “Mais do que nunca, cada semana completada tem sido uma vitória! Por conta da placenta prévia, e agora por conta do coronavírus, aqui nos EUA a coisa tá meio tensa, o vírus tem se espalhado muito rápido, graças a Deus ainda não temos nenhum caso aqui em Santa Bárbara. Mas depois de ter pego a influenza, mesmo com a vacina, senti na pele como meu sistema imunológico está baixo por estar grávida. Como na gravidez do Lucca, tive a sorte de não pegar nem uma gripinha, fiquei com a impressão de que a gravidez tinha me deixado mais forte. Mas nessa gravidez descobri que na verdade a gravidez suprime nosso sistema imunológico, o que nos coloca em grupo de risco pra esse novo vírus”, disse.

Em entrevista exclusiva ao Mãe aos 40, Fernanda falou sobre os momentos difíceis dessa segunda gestação e também contou sobre os desafios da maternidade, o que espera da carreira e do parto e amamentação de Leo. Acompanhe:

+ Yogaterapia hormonal promete ajudar a engravidar. Entenda como funciona a técnica

Reprodução Instagram

VIDA DE MÃE 
Mãe aos 40 Ouvimos muito a frase que a maternidade muda tudo em nossa vida. E você parece ter se permitido viver todas as experiências da maternidade de forma integral, não é mesmo?

Fernanda Machado A maternidade mudou tudo na minha vida. Gerar um outro ser humano, ser responsável por essa nova vida e acompanhar esse milagre da vida acontecendo na sua frente, é realmente algo muito transformador.
No meu coração, sentia que precisava estar perto do Lucca e acompanhar cada segundo desse início de vida dele. Por isso, até os 2 anos dele, fui mãe em tempo integral, foi uma escolha emocional, segui o que meu coração me pediu.

Mãe aos 40– Você passou por um aborto espontâneo antes de engravidar do Leo. Como foi para você vivenciar esse momento e o que aprendeu com ele?

Fernanda Machado Foi bem difícil, foi um momento super conturbado, só quem viveu um aborto espontâneo, sabe a dor e o vazio que fica na gente. Vou ter sempre no meu coração esse bebezinho, que nunca tive a chance de abraçar, um serzinho iluminado que está lá em cima olhando por nós.

+ Por que a busca desesperada pela gravidez dificulta que ela aconteça?

Foto: Reprodução Instagram

Mãe aos 40 Teve dificuldades para engravidar de Leo? Como foi a descoberta da gravidez?

Fernanda Machado Tanto a gravidez do Lucca, quanto esse bebê que perdi, engravidei de primeira, assim que parei o anticoncepcional. Por isso, fiquei achando que engravidaria muito rápido de novo, mas dessa vez demorou quase 6 meses. E foi um pouco tenso, tentar todo mês, fazendo teste de ovulação, e o teste da farmácia dar sempre negativo. Como eu estava quase com 39 anos, quando estava tentando, resolvi que se não engravidasse em 6 meses, iria procurar a ajuda de um especialista, marquei consulta e tudo.
Eu estava fazendo acupuntura todo mês antes de ovular, parei de dar e fazer aulas de yoga quente, que dizem que não é bom para quem está tentando engravidar, estava fazendo uma dieta voltada pra fertilidade, tomando as vitaminas adequadas, estava realmente fazendo de tudo para engravidar.
Mas no dia do meu aniversário de 39 anos, no dia 10 de outubro de 2019, era dia de fazer mais um teste de farmácia. Assim que acordei, pensei em não fazer o teste, com medo de dar negativo, mas meu marido me obrigou a fazer. Fiz o primeiro teste e a linha de gravidez apareceu bem fraquinha. Achei que fosse negativo, ele pegou um teste eletrônico, daqueles que diz “grávida” e colocou no copinho de xixi. E para a nossa surpresa apareceu “grávida” no teste! Foi um presentão de aniversário! Acabei não precisando ver o especialista de fertilidade.

+ “Após duas fertilizações sem sucesso, me preparava para congelar óvulos e engravidei naturalmente aos 42 anos”

Mãe aos 40 Recebo diariamente muitas mensagens de mulheres com 40 anos ou um pouco mais, desesperadas porque não conseguem engravidar naturalmente. O que você diria para elas?

Fernanda Machado Sei que é difícil quando estamos tentando e não acontece, principalmente nessa idade. Mas acho que a melhor solução é tentar manter a calma, acreditar que seu corpo é perfeito, tentar fazer de tudo que se possa fazer naturalmente, como acupuntura, dieta adequada, vitaminas, teste de ovulação. E se nada disso ajudar, depois de um tempo procurar a ajuda de um especialista.

Mãe aos 40 Você sentiu que o fato de estar próxima dos 40 anos dificultou a chance de engravidar?

Fernanda Machado Vemos muitas mulheres engravidando após os 40 nos dias de hoje. É muito possível! Mas eu sei que a natureza fez o nosso corpo para engravidar com mais facilidade aos 20 anos, e isso sempre ficava na minha cabeça. Mas a verdade é que enquanto você estiver menstruando a chance de engravidar existe! Pode ser um pouquinho mais difícil, demorar um pouquinho mais, mas temos que acreditar!

+ “Fiz tratamento para engravidar e tive 5 abortos. Quando relaxei, engravidei naturalmente aos 39 anos”

Foto: Reprodução Instagram

Mãe aos 40 Qual a importância de ter uma rede de apoio, especialmente nos primeiros meses após a chegada do bebê? Você, inclusive, chegou a montar um grupo para conversar com outras mães, não?

Fernanda Machado Pra mim, foi fundamental ter um grupo de apoio, um grupo de mães, amigas. Ser mãe em tempo integral nos dias de hoje pode ser muito solitário, por isso, se cercar de amigas que também são mães e estão vivendo o mesmo que você, é muito importante. Fiz um grupão de mães brasileiras que moram aqui, participo de um outro grupo de mães americanas, a maternidade me trouxe muitas amigas, que viraram irmãs!

Mãe aos 40 Em algum momento, bateu aquela dúvida ou sentimento de que não daria conta de amar outro filho com a mesma intensidade?

Fernanda Machado Interessante porque algumas mães descrevem esse sentimento, mas eu ainda não senti isso não. Eu amo tanto o Lucca, é um amor tão gigantesco, tão infinito, que sei que esse amor só aumenta e por isso tem muito espaço pra se multiplicar. Amo demais o bebê que perdemos e já amo intensamente esse bebê que está na minha barriga. Minha única preocupação no momento é fazer o Lucca entender que o meu amor é tão grande que tenho amor de sobra pra ele e pro irmão.

Foto: Reprodução Instagram

CARREIRA
Mãe aos 40 Como foi a decisão de dar uma pausa na carreira de atriz, numa época que você havia acabado de protagonizar uma personagem bem marcante?

Fernanda Machado Como disse na primeira pergunta, foi uma decisão feita pelo coração e não pela razão. E eu acredito que quando seguimos nosso coração tudo se ajeita no final.

Mãe aos 40 Você sentiu falta de estar na tv?

Fernanda Machado Senti falta de algumas coisas, foi um período de adaptação, também porque mudei de país no mesmo momento. Mas ter tido o privilégio, de ver cada aprendizado do Lucca tão de pertinho, fez tudo valer a pena!

Mãe aos 40 Pretende retomar seu canal no YouTube, falando sobre a maternidade desse segundo filho?

Fernanda Machado Quero muito voltar para o canal, nunca queria ter parado, mas eu fazia tudo sozinha no meu canal, aí a vida acabou ficando corrida demais. Assim que der eu volto!

Mãe aos 40 Atualmente você se dedica a algum trabalho com mães? Se sim, qual seria?

Fernanda Machado Eu estava dando aulas de yoga pré-natal e pós-natal, yoga para grávidas e para mamães e bebês de até 6 meses. Eu amo dar essas aulas. Mas desde que descobri a placenta prévia, estou de repouso e tive que parar de dar aulas de yoga. Morro de saudade!

Mãe aos 40 Numa de suas entrevistas, lembro de ter lido que você pretendia retomar a carreira de atriz quando Lucca começasse a pré-escola. Isso chegou a acontecer ou não?

Fernanda Machado Logo após o Lucca ter completado 2 anos fui pro Rio e durante 3 meses rodei a primeira temporada da série “Impuros”, pra Fox (a série está agora no Globoplay também). É uma série com roteiro incrível sobre o narcotráfico no Rio, faço a delegada Andréia, a direção é impecável e o elenco de tirar o chapéu. Quando voltei pra Califórnia, decidi que queria um trabalho de meio período, já que o Lucca estava indo pra pré-escola de manhã. Então, comecei a dar aulas de yoga, que eu amo. Ano passado, voltei pro Rio por mais 3 meses e rodei a segunda temporada de “Impuros”, e só não fiz a terceira temporada agora porque estou grávida e de repouso.

Foto: Reprodução Instagram

PARTO E AMAMENTAÇÃO
Mãe aos 40 Você tem alguma preferência por algum tipo de parto? Por quê?

Fernanda Machado Me informei e me eduquei muito para ter um parto natural no parto do Lucca. Acredito muito nos benefícios do parto normal, o parto do Lucca não foi fácil, foi uma verdadeira batalha, mas consegui ter o parto normal que tanto quis! Agora estou com placenta prévia, a placenta está em cima do meu cérvix e se a minha placenta não subir liberando o caminho para o bebê, não tem outro jeito, terá que ser cesárea. E quando não tem outro jeito, a cesárea é a única opção. Mas continuo confiante de que a placenta vai subir, e vou ter outro parto normal.

Mãe aos 40 Para milhares de mães, a amamentação passa longe de ser algo natural e instintivo, como vemos muitas dizendo por aí. Como foi sua primeira experiência e como deseja que seja com o Leo?

Fernanda Machado Comecei meu canal de maternidade no YouTube justamente porque queria dividir com outras mães todas as dificuldades que enfrentei para amamentar. Eu acredito que amamentar é natural e instintivo, mas nesse mundo moderno que vivemos, nos afastamos muito de tudo que é natural e instintivo. Foi muito difícil pra mim no começo, mas eu queria muito amamentar o Lucca e tive muito apoio aqui da minha família, do hospital onde o Lucca nasceu, do círculo de amamentação que frequentei por meses…Tudo isso me trouxe informação e o suporte que eu precisava pra seguir em frente. Amamentei o Lucca por 3 anos e 7 meses. Nunca imaginei que conseguiria amamentar por tanto tempo. E por ele iria até os 4 anos com certeza, mas engravidei e resolvi parar.
Acho que foi muito positivo, valeu muito à pena, eu vejo que trouxe muitos benefícios pra saúde do Lucca. E por isso, pretendo seguir o mesmo caminho com o baby Leo, torço pra que a gente consiga pelo menos por 2 anos.

Foto: Reprodução Instagram

Posts relacionados