Atriz Cameron Diaz anunciou o nascimento da primeira filha, aos 47 anos

Cameron Diaz ao lado do marido, o músico Benji Madden (Reprodução Instagram)

O ano de 2020 começou muito bem para a atriz Cameron Diaz, 47, e o marido, o músico Benji Madden: no último dia 3, eles anunciaram em suas redes sociais o nascimento da primeira filha, Raddix Madden. Cameron, que é conhecida por sua discrição nas redes, não contou em nenhum momento que estava grávida. Assim como também não aparentou a barriga de gravidez. Foi realmente uma surpresa para quem acompanha a atriz descobrir que ela se tornou mãe da noite para o dia. E isso gerou a especulação de que Cameron possa ter recorrido a uma barriga de aluguel (no Brasil o termo é barriga solidária, pois as negociações envolvendo dinheiro para ter um filho são proibidas, no entanto, em diversos países é legalmente aceito pagar para outra mulher gerar o seu bebê).

+ Sem parte do útero, mulher de 41 anos contraria a medicina e dá à luz gêmeos

(Reprodução Instagram)

Uma  foto tirada da atriz em novembro do ano passado (abaixo) também contribuiu para a especulação. Nesse mesmo mês, Cameron estaria de 7 para 8 meses, caso de fato estivesse grávida.

+ “A cada perda, via meu mundo desabar”, diz mãe, após 3 abortos espontâneos

Nessa imagem, de novembro do ano passado, Cameron deveria estar de 7 para 8 meses de gravidez, caso estivesse, de fato, grávida (Reprodução The Sun)

Até o momento, a atriz não se pronunciou sobre as especulações – e vamos combinar, é um direito dela, que não deve nada a ninguém, né? O casal está radiante e ao que tudo indica a bebê é saudável. No perfil do Instagram de ambos, eles postaram apenas um comunicado anunciando que se tornaram pais:

“Feliz ano novo dos Maddens! Nós estamos tão felizes, abençoados e gratos por começar essa nova década anunciando o nascimento de nossa filha, Raddix Madden […] Sentimos necessidade de proteger a privacidade da nossa pequena. Então, nós não vamos postar fotos ou dividir mais detalhes, além do fato de que ela é realmente fofa”, afirmou o casal em nota.

+ “Antes de ser mãe, convivi 15 anos com a endometriose sem saber e sofri um aborto de gêmeos”

Reprodução Instagram
 Maternidade após os 40 anos é cada vez mais comum

Assim como a atriz, milhares de brasileiras estão se tornando mães mais tarde. O adiamento da gestação parece ser uma tendência por aqui, como mostram os dados de um pesquisas recentes feitas pelo IBGE. Em 1998 o número de mulheres que se tornaram mães após os 40 anos era de 48 mil. 20 anos depois, já em 2018, esse número quase dobrou, saltando para 91 mil casos. As conquistas na carreira e a dedicação nos estudos está entre os principais fatores que fazem as mulheres adiar a gestação.

+ “Minha filha escrevia cartas pedindo um irmão. Ela me encorajou a ser mãe aos 40”

Reprodução Instagram

Posts relacionados