Quando introduzir ovo, peixe e glúten na alimentação do bebê?

alimentação bebê ovoMuito se falou sobre esses alimentos e até pouco tempo, eram proibidos na introdução alimentar do bebê. Porém hoje sabemos que aos 6 meses existe um período de “janela imunológica”, ou seja, um momento ideal para introdução do ovo, do peixe e do glúten, considerados alergênicos. Isso porque estudos tem nos mostrado que não há evidências que comprovem, de fato, que introduzir esses alimentos após os 12 meses irá diminuir o risco de alergia alimentar. Veja abaixo um pouco mais sobre as propriedades deles:

Ovo
Pode representar um importante suplemento nutricional para o pico de desenvolvimento cerebral durante a gestação, lactação e infância, sendo que o risco de o bebê ter uma alergia ao ovo aumenta três vezes quando ele é introduzido após o primeiro ano de vida. Também é rico em aminoácidos essenciais, ferro, colina e outros. Daí a importância em considerar esse alimento na alimentação dos bebês.

Peixe
A introdução de peixe antes dos 9 meses de idade demonstrou um efeito protetor, sendo associada com menor ocorrência de eczema. Entre os mais indicados estão: tilápia, badejo e pescada.

Glúten

Presente nos cereais, especialmente no trigo, mostra risco de desenvolvimento de doença celíaca quando introduzido antes dos 3 meses ou após os 7 meses em bebês que já são geneticamente predispostos.

Vale lembrar que o aleitamento materno deve ser mantido, mesmo após a introdução alimentar, se possível até que o bebê complete 2 anos de vida.

Simone Ferraz é nutricionista, pós graduada em pediatria pelo HCFMUSP, e especializada em Nutrição Funcional. Mantém o Instagram @alimentacaomaternoinfantil, que faz o maior sucesso com dicas de comidinhas, novidades e muita informação de primeira. A cada 15 dias vai falar aqui no site sobre um assunto interessante para a alimentação da criançada. Acompanhe!

Posts relacionados