Meu filho não quer voltar à escola. O que fazer?

estresse pós ferias crianças

Na maioria das escolas as aulas começaram, e algumas crianças acabam sofrendo o chamado “estresse pós férias” por saber que os dias de diversão estão chegando ao fim. Nas férias, as crianças viajam, brincam o dia todo, tem menos responsabilidades, tudo é mais divertido e leve. Os pais e a diversão ficam mais presentes, a família fica reunida, tudo é novo e agradável. Então, como fazer o retorno à rotina da criança ser mais tranquilo e aceito?

Como os pais podem ajudar

Ajuste a rotina Antes de iniciarem as aulas, se a criança tem muita dificuldade em acordar e se organizar em seus horários, por isso, o ideal é que na semana que antecede a volta às aulas os pais voltem com os horários normais de sono, para que ela não fique tão cansada na volta às atividades e para que possa manter uma boa qualidade de sono. É comum que de início a criança se sentir desmotivada, apática, cansada, com falta de apetite e até um pouco agressiva e irritadiça, por não querer perder os momentos das férias.

Coloque a volta às aulas como algo positivo O mais importante é a conversa com os filhos e o exemplo dos pais, os seja, não reclamarem da volta ao trabalho, colocando isso como negativo, buscando tratar isso com naturalidade, igual ao retorno escolar. Converse abertamente com seus filhos sobre os sentimentos deles, e não minta nem esconda nada deles. Os pais podem também dizer o quanto eles gostam das férias, dos momentos de viagem e diversão em família, mas que as atividades que se iniciam também têm seu valor e que elas não excluem momentos de relaxamento e diversão.

Se mostre interessado pelo retorno à escola Se possível, nas primeiras semanas de aula, tente buscar ou levar o filho na escola, faça desse momento algo diferencial para vocês, um momento pais e filhos. Quando buscá-lo, converse sobre a escola, como foi, o que fez, pergunte a respeito da professora, dos amigos, das atividades que teve e o que aprendeu naquele dia. Se interesse por essa fase.

Reforce os bons momentos que seu filho teve na escola Se a criança achar chato ainda ir a escola, tente reforçar os bons momentos que ela já teve ou que terá na escola, como conhecer pessoas novas, os passeios, os assuntos que irá aprender. Conte como foi a sua própria ida à escola, como você voltava das férias e como se sentia. Não julgue seu filho, deixe ele se expressar, colocando-se numa postura de compreensão e acolhimento. Ter raiva desse momento pode ser natural, ficar irritado e brigar com os pais também é, mas o mais importante é ter a compreensão desse momento para ele, na visão dele, ajudando-o a aceitar a realidade.

Luciana Romano e Raquel Benazzi são psicólogas formadas pela Universidade Mackenzie, e integram o Núcleo Corujas. Elas têm experiência no trabalho com gestantes, psicoterapia de luto e trabalho de defesa da mulher

Posts relacionados