Livro do bebê ganha versão moderninha

Lembra do famoso livro do bebê, muito usado por mães das décadas de 80 e 90? Pois ele está de volta para dar às novas mamães o gostinho de guardar as melhores lembranças da gestação assim como faziam suas mães e, talvez, avós. Em tempos em que postar frases e fotos nas redes sociais é um hábito que ganha cada vez mais adeptos, a ideia de ter um livro como o tradicional ganha destaque, pois mostra um lado mais intimista. Na nova versão, que tem ilustrações super graciosas e design criativo e foi escrita pelas jornalistas Sibelle Pedral e Ana Astiz (amigas há 30 anos e que tiveram filhos na mesma época), detalhes como a oscilação do peso da grávida e as primeiras engatinhadas do bebê podem ser contadas à caneta, já que as páginas funcionam como uma folha em branco a ser preenchida. “Quando terminar de preencher o livro, você pode guardar a sua edição customizada em um lugar seguro até ter vontade de oferecê-la como um presente às suas filhas ou aos filhos. Ou pode folheá-la de vez em quando e resgatar memórias e reflexões de outro tempo, e até fazer novas anotações. Aí é com você!”, contam as autoras.

Mãe - de para

Nome do livro: Mãe

Editora: Casa da Palavra

Preço: R$ 30.

Páginas: 128

Olha só que graça:

Posts relacionados