Fique atenta às regras de segurança para o berço do seu bebê

berço-oval-2Se, assim como eu, você está a procura de um berço para seu baby, vale ficar ligada. Isso porque o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) aumentou recentemente as regras de segurança para esse tipo de móvel.

As mudanças feitas valem tanto para berços comprados prontos quanto para os artesanais e personalizados. E os fabricantes têm até 2 anos para se adaptar, enquanto as lojas têm até 3 anos para esgotar o estoque de berços antigos e que não encaixam nas novas regras. Veja quais são elas:

– Berços com grades laterais móveis estão fora de cogitação. Elas precisam ser fixas.

– Para os modelos dobráveis, o espaço entre as laterais ou extremidades e o acolchoado da base deve ser de até 30 milímetros.

– Todos os modelos que são dobráveis deverão ter as informações sobre os riscos de uso, além de mostrar a especificação das medidas certas do colchão a ser usado.

– Não estão inclusos nas novas regras os berços do tipo portáteis com alça, caso do Moisés; berços feitos sob medida para encaixar na cama, como bedsidesleepers ou co-sleepers; e cadeiras de balanço.  Para ter acesso ao documento completo com as novas normas, clique aqui.

Além das novas regras impostas pelo Inmetro, preste atenção em alguns detalhes que fazem toda a diferença na segurança do seu bebê. Aqui vão alguns exemplos:

– Compre um colchão firme, como o de densidade D18, que suporta bem o peso de um bebê, evitando afundar com facilidade.

– Se o berço for ficar perto de cortinas ou persianas, veja se não há cordões pendurados. Lembre-se que o bebê fica esperto rapidinho e pode querer brincar com as cordas, correndo risco de envolve-las no pescoço.

– Ao usar travesseiros ou almofadas, evite deixa-los soltos no berço, o que facilita sufocamentos e serve como base para bebês maiores de apoiarem, podendo cair para fora das grades.

– Tem tomadas ou fios por perto do berço? Melhor mudar o móvel de posição!

– Prefira sempre o estrado de madeira inteiriço, o que evita que o colchão enrosque ou que o bebê possa ficar preso entre os estrados.

– O colchão certo para o berço é aquele que não deixa espaços entre as laterais, encaixando certinho.

E lembre-se que por mais lindo que for o berço, se ele não oferecer segurança ou não tiver os selos de garantia do Inmetro, melhor passar longe.


 

Posts relacionados