Banho do bebê: como ele deve ser?

como-fazer-a-higiene-intima-do-bebe-de-forma-correta-4

Já faz um tempinho que recebi um guia bem completo da Johnson´s Baby, chamado Novas Práticas de Higiene Infantil – Para cuidar do bebê com segurança, suavidade e eficácia. E hoje, folheando novamente as páginas, resolvi compartilhar com as mamães, especialmente as de primeira viagem, algumas orientações muito esclarecedoras e com as atualizações médicas sobre o momento do banho. Aproveite para fortalecer o vínculo com seu baby transformando a higiene diária num gesto de carinho! E atualize-se, afinal, os hábitos de higiene com as crianças mudaram de 10 anos para cá. As dicas abaixo também foram apresentadas num importante evento da área da pediatria, o “I Painel Latino Americano – Cuidado com a Pele Infantil”, organizado pela Sociedade Brasileira de Pediatria, em parceria com a Johnson & Johnson do Brasil.

Vamos começar pela escolha do sabonete.

– O sabonete do seu bebê deve ser aquele de uso infantil, pois conta com formulação mais suave e segura para a pele delicada do pequeno.

– Uma informação importante e que já deve ser notada logo de cara é que o sabonete é testado e aprovado por dermatologistas;

– Fora isso, o pH da formulação deve ser neutro ou próximo ao fisiológico da pele, que fica entre 5 e 6. Isso garante que o bebê não terá a pele agredida;

– Ele deve ir além da limpeza e ter ingredientes umectantes ou emolientes, ou seja, que ajudam na hidratação;

– Como é super comum o sabonete ou a espuma escorrer pelos olhos do bebê, o produto precisa ser testado e aprovado em testes clínicos, a fim de evitar irritações nos olhos do pequeno.

Precisa mesmo do sabonete?

A resposta é sim. “Hoje está provado que a água elimina apenas 65% da sujeira do corpo”, diz o dermatologista Mario Cezar Pires. Sem contar que não há garantia de que o restinho do cocô ou dos alimentos sejam removidos sem o sabonete.

Xampu e condicionador estão liberados, certo?

Sim, desde que sejam para uso infantil. Isso porque o couro cabeludo e o cabelo do bebê retêm suor, células mortas, poluição e aquele sebinho normal, além de outros micro-organismos. O xampu e o condicionador só está fora da lista de cuidados se o pequeno for carequinha.

Gostou das orientações? Comente nas redes sociais! E se ainda tiver alguma dúvida sobre o assunto, mande um comentário ou envie para nós no email: blogmaeaos40@gmail.com

Posts relacionados