A festa de 1 aninho com tema caipira da Helô


Vai chegando próximo ao primeiro aninho de vida do bebê e aí vem aquela dúvida: fazer ou não festa? Por aqui não tinha nada definido até 1 mês antes da data! Pois é, uma loucura. E a ideia era fazer apenas uma comemoração para a família, o famoso “bolinho” (ah, só um bolinho, que NUNCA é só um bolinho, rs). Depois achamos melhor fazer num buffet infantil, assim já teríamos todos os brinquedos à disposição. E finalmente, contrariando tudo o que eu já havia dito depois de fazer o chá de fraldas, fechamos que eu faria a festa (com a ajuda da família, claro) e que seria em casa mesmo. Moro numa mini chácara e, por isso, achamos que poderia ser legal.
Bem, tudo decidido foi hora de recorrer ao Google e Pinterest da vida e pegar referências de festinhas. O clima frio e a proximidade com as festas juninas e julinas fez com que escolhêssemos o tema caipira para a comemoração. E assim foi! Do convite (que fiz nesses sites de convites prontos e enviei virtualmente, que ai bem mais barato e ainda é sustentável) à decoração dos docinhos, tudo seguiu por essa linha.


A decoração
Com todas as referências em mãos, resolvemos que a festa teria muitas flores e cores. Para o painel e as mesas escolhemos tecidos floridos, juta e tnt. A composição do nome da Helô ficou em chapéus de palha, que achei uma opção bem criativa. O toque de charme veio com os chapeuzinhos das mesas, que acomodaram os brigadeiros e beijinhos e também as violetas das mesinhas. E, claro, não poderia faltar os tubetes, que ganharam um ar da roça ao serem personalizados de milho que fizeram toda a diferença na mesa e são super fáceis de fazer (peguei a referência na internet e fizemos o desenho das folhas do milho em EVA, depois colamos na tampa do tubete e finalizamos com um pedaço de juta). Tivemos também tubetes com milho de pipoca e chapeuzinho de palha, lembrando um caipirinha. Vale dizer aqui que amo fazer decoração de festa, tô até pensando em investir mais nisso, vai que dá certo, né? E aproveitar também para agradecer minha irmã, que sempre embarca comigo nas ideias e não tem preguiça de colocar a mão na massa.

 

 


Comidinhas
Tudo foi pensado em como são as comidas caipiras. Por isso, tivemos milho cozido, doce de abóbora (feito pela minha mãe, que faz o melhor doce de abóbora que eu conheço!), canjica (feita pela sogra, que arrasa na cozinha), hot dog, salgadinhos, pipoca e docinhos típicos, como paçoca e pé-de-moleque. Teve até maçã do amor, feita pela irmã por parte de pai da Helô. Delícia, sô!

 

 

 


O bolo
O bolo da mesa foi presente de uma amiga, que é expert em fazer artes com E.V.A. Ficou realmente lindo, amamos! Já o “bolo de verdade” foi feito por minha irmã, numa receita que vimos no programa da Ana Maria Braga. Foi um bolo de paçoca, com recheio de doce de leite e uma moldura de lasca de chocolate (fizemos branco e preto).


Brincadeiras
Tivemos a ideia de improvisar uma barraquinha de pesca, que para nossa surpresa foi o que mais divertiu as crianças. Fizemos competições para ver quem pescava mais peixe, valendo presentes. Imaginem só se elas não amaram, né?
Também tivemos corrida de saco, pula corda e piscina de bolinhas para os menorzinhos.


E apesar de ser uma festa simples, caseira, teve muito amor e carinho envolvido. Ah, e muita canseira também. Sério, gente. Fiquei quebrada antes e após a festa. Sempre prometo a mim mesma que não vou colocar a mão na massa, mas na última hora acabo fazendo tudo, não tem jeito.


Fotos lindas
A dúvida, justamente por ser uma festa simples e caseira, foi se teríamos ou não uma fotógrafa profissional registrando o momento. Mas depois de receber as fotos do ensaio “Smash The Cake”, feito pela querida e talentosa Tamires Neves (vou fazer post aqui sobre ele), tivemos a certeza que ela fotografaria a festinha da Helô. E o resultado são estas (e outras) fotos lindas! Sério gente, esse é um investimento que vale a pena, afinal, o profissional consegue registrar os detalhes e captar todo o ambiente da festa, coisa que nós não conseguimos fazer sozinhos. Se tivesse ficado por nossa conta registrar tudo, certamente nos arrependeríamos depois. Nas fotos do meu celular e dos amigos eu sempre estou descabelada e correndo. São poucas as que salvam. Por isso, fica a dica: reserve uma graninha para a fotografia.


Ah, e uma novidade para as leitoras do Mãe aos 40 que moram em Jundiaí e região: a Tamires Neves está oferecendo 10% de desconto para vocês, seja para o ensaio família, smash the cake, gestante ou festa de aniversario. Eu sou suspeita a dizer, mas certamente quem contrata-la não vai se arrepender!

  • G+
  • Facebook Comentários (2)

    2 Comentários

    1. Claudinete Correa Dalbo Moda -

      Amei o tema, meus parabéns.
      Muito bom gosto!!!
      Bjus

      • Mãe aos 40 -

        Que bom que Gostou!! Estava tudo muito bacana mesmo! Bjs.

    Comente!

Posts relacionados